Encontrando Fruto nos Antigos Campos da Morte

Multiplicando Discípulos Entre os Menos Alcançados, os Perdidos e os Últimos

killing fields

Encontrando Fruto nos Antigos Campos da Morte

Há uma pequena província perto de Battambang, no Camboja, chamada Pailin. É uma linda região que ganhou reconhecimento por suas incríveis pedras preciosas. Possui selvas, cachoeiras naturais e fica perto da fronteira internacional. 

Cicatrizes Emocionais 

Na década de 1970, o Khmer Vermelho decidiu tomar a pequena província por conta de seus ricos minerais. Isso resultou em genocídio, que foi bem documentado no filme de 1984 “Os Gritos do Silêncio”. Bem mais de um milhão de pessoas foram assassinadas. A maioria delas eram profissionais formados. 

Muitos anos se passaram. Mas o povo de Pailin ainda carrega cicatrizes físicas e emocionais. O JOCUMeiro Bob* diz: “Aqueles que estavam no Khmer Vermelho quando tinham 20 anos são, agora, avós de 70 anos. Em muitos casos eles foram forçados a se unir ao Khmer, e até hoje permanecem em Pailin“. 

Indo Onde Não Há Igreja 

No início da história de JOCUM Camboja, dois jovens do ocidente plantaram uma igreja entre aqueles que não tinham ouvido falar de Jesus. Estes dois, Bob e James*, discipularam a igreja nos caminhos de Jesus. 

Um dia eles disseram: “Está agradável lá fora. Vamos dar uma volta.” No caminho eles conheceram um senhor que ficou feliz em conversar com esses estrangeiros desconhecidos. “Eu costumava seguir a Jesus. Mas agora aquela igreja se mudou. É longe demais para eu ir andando.” 

Bob e James sentiram que o Senhor os havia guiado a esta parte do Camboja. 

Logo conheceram outro nativo chamado Peter*. Ele estava desejoso de aprender a discipular os cristãos. Peter e James fizeram uma equipe forte e fiel. Juntos, eram testemunhas eficazes e discipularam muitos. 

Um Movimento Começa! 

Encorajados pelo bom fruto, Peter e James se sentiram impelidos pelo Senhor a ir para outra vila para compartilhar. Para sua alegria, vários vieram ao Senhor. Mas havia mais. Alguém que recentemente havia se convertido imediatamente reuniu outros para ouvir as Boas Novas! 

Na semana seguinte, treze pessoas se reuniram para ouvir o evangelho de Jesus compartilhado por James e Peter. Na seguinte, haviam ainda mais pessoas. O povo já não se contentava em ouvir sobre Jesus apenas uma vez por semana. “Vamos nos encontrar todos os dias na próxima semana!”, eles imploraram. 

Com o tempo, Peter deixou a área para buscar um novo emprego. Alguns seguidores pararam de vir às reuniões. Peter tinha sido um “homem de paz” que tinha aberto as portas para aquela comunidade. 

Deixe as Crianças Virem! 

Aqueles que tinham vindo a Jesus e permaneceram na área continuaram a crescer em fé e em maturidade. Um plano foi feito: “Vamos mostrar o filme Jesus na escola local”. 

Deus deu favor aos cristãos, e eles puderam exibir o filme. Cerca de quarenta crianças e adultos vieram assistir. O tempo disponível só permitiu que eles mostrassem a primeira metade. “Voltem na próxima semana, e vejam a segunda metade.” 

Depois da exibição, Bob e James deram uma visão geral do evangelho que as crianças e professores tinham aprendido através do filme. Para seu prazer, várias pessoas foram à frente e foram curadas em nome de Jesus! 

Os homens disseram: “Vocês aprenderam sobre o Deus da cura. Agora O conheçam como o Deus da salvação também!”. 

Novo Companheiro de Equipe, Nova Estratégia 

James e Bob sentiram como se faltasse alguém em sua equipe depois que Peter foi embora. Mas logo o Senhor veio com provisão. 

Outro nativo, Vernon*, ajudaria a avançar o ministério de cura. Com o poder de curar em nome de Jesus, eles foram de casa em casa como um time. 

Quando eles iam a uma residência, eles não ficavam em pé à porta para falar com as pessoas. Em vez disso, eles eram convidados para entrar. E eles ficavam… por cerca de 3 dias! Eles dormiam lá à noite. De manhã, eles se juntavam à vida da família anfitriã, trabalhando nos campos com eles. 

Naquela época, Bob tinha ido iniciar trabalhos em outro lugar. Ele ficava feliz, porém, em voltar e apoiar seus companheiros líderes. 

Recentemente, ele ficou muito feliz ao descobrir que os crentes locais estavam batizando muitos que tinham vindo à fé. Estes homens, mais novos no ministério, estavam orando com grande poder. Além disso, muitos que não conheciam Jesus estavam tendo sonhos com Ele! 

E a província de Pailin – os “Campos da Morte“? 

Bob diz: “Era longe de dirigir e não era um lugar aonde as pessoas queriam ir.” Muito poucos na área sabiam sobre Jesus. 

Era como se a terra fosse amaldiçoada por sua história. 

Equipes de Prático 

Bob começou juntando-se a uma pequena equipe de prático para Pailin. Depois de um tempo frutífero, ele estava convencido do chamado do Senhor para aquela terra devastada. 

Dois anos se passaram. Ele voltou com outra equipe de prático, e foi para Pailin. A equipe ficou empolgada ao ver muitas pessoas se comprometendo a seguir Jesus! 

Logo o fruto de seu ministério criou um “problema”. Como esses novos convertidos seriam discipulados? 

“Naturalmente, no início, nós os convidamos para igrejas existentes. Mas, triste dizer, as igrejas não os receberam como nós esperávamos”. 

Não Só Acrescente… Multiplique! 

“Estávamos preocupados, pois realmente não sabíamos como começar igrejas. O mais velho da nossa equipe tinha 26 anos. Nascido nos campos de refugiados, ele largou a escola na segunda série. Os novos convertidos eram, a maioria, jovens também. Logo percebemos que também precisávamos aprender sobre trabalho com jovens.” 

Felizmente Bob e sua equipe descobriram sobre o programa de Treinamento para Multiplicação da Colheita. O curso os ensinou sobre movimentos de plantação de igreja. Eles aprenderam como discipular cristãos que viriam a discipular outros. Tudo isso estava acontecendo em um lugar aonde ninguém queria ir. 

Escolhendo Seu Plano 

A equipe da JOCUM também se viu começando uma escola para jovens que queriam aprender inglês. Mais uma vez, a equipe precisava depender do Senhor para sabedoria e recursos. 

Não demorou muito e eles tinham 176 alunos frequentando! 

“Isso não estava em nossos planos. Mas claramente era plano de Deus”, diz Bob. 

Outras pessoas se envolveram à medida que o Senhor as chamava. Um ancião servia sua comunidade ensinando jovens informalmente. Ao passo que o Senhor se movia em seu coração, ele começou a distribuir folhetos evangelísticos também. 

Bob diz: “Foram os pequenos atos de obediência que se somaram. Estávamos sendo preparados para dar um salto de fé… indo a longo prazo para Pailin com uma equipe. Isso envolvia treinamento, pesquisa e oração.” 

E, claro, obediência. 

Quer saber mais? 

Essa história lhe inspira? Você estaria disposto a ir onde os outros não vão? Deus tem o hábito de fazer coisas incríveis através de pessoas comuns!  

Inscreva-se hoje para participar de um treinamento gratuito ao vivo chamado “Como Ter Um Enorme Impacto do Reino: Mesmo Se Você Não For Rico, Famoso ou Superdotado.” Você vai aprender mais sobre movimentos como este e como você pode se envolver em um. 

Não são seus nomes verdadeiros. 

Nenhum comentário

Adicione seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Send this to a friend